Nem mulher-maravilha, nem donzela-na-janela

08 jul 2012 / Empreendedorismo, Feminino, Tempo
Nem mulher-maravilha, nem donzela-na-janela
Quantas vezes atropelamos e desconsideramos o sinal de que seria preciso dar pausa? Quantas vezes nos esquivamos de vivências importantes por querermos esperar o tempo em que estaremos “prontas”? Em cada um desses extremos, perdemos de vista o que realmente importa. De um lado, o corre-corre: o relógio como um oponente cruel com quem acreditamos...
CONTINUAR LENDO...