Compartilhando sobre meu mais recente e delicioso desafio profissional
Share



11 anos de trabalho com desenvolvimento humano. Aquela mistura de “parece que já tem uma vida” com “parece que foi ontem”, sabe como é? Eu me formei em Psicologia, já emendei na pós em Psicodrama, fui professora na pós e em projetos de extensão, mergulhei em práticas ligadas à clínica, ao trabalho social, à criatividade. Além do Psicodrama, a análise junguiana, os mitos, a leitura de “Mulheres que correm com os lobos”, foram trazendo mais camadas. Veio depois o Coaching, onde venho me dedicando à descoberta dos talentos, paixões, habilidades, processos criativos, empreendedorismo. Criei projetos incríveis, que me ensinaram tanto, foram muitas horas de atendimento, muito aprendizado no universo online, muitas práticas em grupo, lindas parcerias, muita criação. A escrita literária, que antes ficava só escondida em meus cadernos secretos, também vem ganhando mais espaço e vou abrindo aos poucos pro mundo.

De volta a BH, depois de temporadas vivendo em São Paulo e no Rio de Janeiro, agora, em junho de 2018, inicio mais um desafio: sou a Team Builder de uma empresa que sempre admirei, o GUAJA.

Assumo um setor que está nascendo e vai ser criado passo a passo, vou conhecer profundamente cada colaborador, seus sonhos, suas motivações, seus talentos, seus desafios. Pego nas mãos esse desafio de implementação, gestão e gerenciamento do Team Building do Guaja, co-construindo junto com os colaboradores uma cultura produtiva, efetiva e afetiva, focada na criatividade, serendipidade e nos pontos fortes de todxs. O trabalho como consultora e coach continua, quem quiser ser atendido individualmente vai ter de aproveitar quando abrir as poucas vagas possíveis, porque a agenda agora é reduzida. Os projetos de escrita continuam e em breve terão novidades também.

Sigo agora com aquele brilho no olho que acompanha os bons e desafiantes inícios. Coisa boa isso, né?

E você, que inícios tem vivido? E que inícios tem desejado?

Comentários