Sanidade Criativa – o que está nos adoecendo?
Share



Vou trazer pra cá uma série de conteúdos sobre um dos pilares essenciais do que acredito e quero promover: Sanidade Criativa. ❤

Nosso trabalho não deve e não pode custar a nossa saúde. O ritmo da nossa criatividade precisa estar a favor de abrir espaço para mais vida e não para nos alienar da vida.

Começando, trouxe uma lista para a gente refletir sobre as coisas que podem acabar nos adoecendo:

– Criar seguindo um ritmo que não é o seu.
– Fazer o que acha que todo mundo tá fazendo, sem refletir sobre o que você realmente quer fazer.
– Deixar de lado o que você acredita e os seus valores.
– Entrar no ritmo de só criar algo se achar que vai dar dinheiro – nem deixando a ideia crescer e ganhar espaço dentro de você.
– Uma sensação de preocupação contínua relacionada a ser produtiva.
– Se colocar pressão de ter que estudar tudo, aprender tudo, se atualizar sobre tudo.
– Cobrança constante por perfeição e se achar uma impostora.
– Comparação com a grama do vizinho que sempre parece tão verde.
– Seguir zilhões de perfis da sua área, acompanhando tudo que estão dizendo que é o novo “tem que”.
– Com a desculpa de que você precisa se atualizar, passar horas diante de telas até se esquecer do porquê estava ali.
– Esquecer os motivos que te fizeram começar, e se perder com fórmulas prontas que não têm a ver com quem você é.
– Abrir mão do descanso e do prazer, deixando sempre pra depois.
– Colocar no trabalho toda a atenção e todo foco.
– Se isolar das pessoas que importam, seja por vergonha, por “falta de tempo”, por não conseguir pedir ajuda.
– Discursos que parecem ser do tipo “pense positivo”, mas só te colocam pra baixo por não estar pensando tão positivo assim.
– Não respeitar seu corpo, seus sentimentos, seus ritmos, sua saúde mental.

E aí, se identificou com algum desses pontos? Bora conversar e espalhar essa reflexão pra todo mundo que possa aproveitar. ❤ A gente precisa falar sobre isso.

Comentários